Saiba como elaborar uma carta de apresentação para uma vaga

O Globo


Prática muito comum nos Estados Unidos e na Europa, o pedido de uma carta de apresentação na hora de se candidatar a uma vaga de emprego começa a se tornar mais frequente no Brasil também. Mas o que é preciso para fazer uma boa carta de apresentação? Fabíola Lago, do portal vagas.com.br, dá algumas dicas para elaborar o documento.

— Há pessoas que têm muita experiência e dificuldade para selecionar o que destacar em três parágrafos. Outras estão no início da carreira e aí, entusiasmo não falta, mas falta experiência. É preciso equilibrar as informações que serão incluídas nessa carta — explica Fabíola.

Atenção aos pré-requisitos

O primeiro passo é ter atenção aos pré-requisitos. Não adianta começar a escrever a carta sem ter em mente o que a empresa está pedindo.

— Leia e releia os pré-requisitos para candidatar-se e veja como você pode atendê-los a partir da sua experiência profissional;

— Não importa se você desempenhou uma das funções há algum tempo. O importante é que você realmente reúna as competências solicitadas em sua apresentação, que depois serão comprovadas no seu currículo.

— Destaque e estruture de forma objetiva os requisitos no início da carta. Assim você vai captar a atenção do recrutador rapidamente:

Exemplo: Prezado Senhor(a), gostaria de me candidatar à vaga para Analista Sênior de Crédito de sua empresa. Conforme sua especificação, atendo aos seguintes pré-requisitos: Seis anos de experiência no segmento Habilidade para coordenar equipes Conhecimento dos softwares ERP utilizados em sua empresa.

Demonstre interesse e conhecimento

Procure deixar claro que, além de ter as qualidades exigidas para o cargo, você se identifica com os valores e cultura da empresa e conhece bem o seu posicionamento no mercado, o que dá mais motivação para querer o emprego. Indique também seu conhecimento da área, utilizando dados atualizados do setor ou comentando sobre tendências.

Exemplo: Acompanho o desempenho da empresa nos últimos anos no segmento XYZ e acredito que posso contribuir para desenvolver estratégias no setor de crédito, uma vez que já passei por uma experiência na empresa ZXD com desafios similares e obtive excelentes resultados.

Seja sucinto e cuidadoso

É preciso exercer a capacidade de síntese. A carta de apresentação não deve ter mais do que quatro parágrafos, caso contrário será difícil prender a atenção do recrutador. Além disso, Fabíola recomenda dedicação na elaboração da carta:

— Dedique-se: escreva, reescreva, leia em voz alta até ficar satisfeito com as prioridades que você selecionou para essa vaga especificamente.

É importante também focar nas necessidades específicas daquela vaga, mesmo que tenha outras qualidades a oferecer.

Os erros gramaticais também precisam ser evitados, já que causam má impressão nos recrutadores. Vale pedir a alguém para revisar o material antes de enviá-lo.

Deixe um comentário