Quer a vaga? Deixe a empresa analisar seu cérebro antes

Exame


Muito embora especialistas recomendem que sinceridade seja o norte da entrevista de emprego, há candidatos que ainda preferem mentir e fingir uma empolgação inexistente, apenas para conseguir a vaga. E, muitos conseguem enganar até o mais atento dos recrutadores.

Se linguagem corporal e sorriso no rosto podem esconder a verdadeira face do candidato que finge, as ondas cerebrais não mentem. Por isso, uma agência de publicidade de Istambul na Turquia decidiu monitorar a atividade cerebral de aspirantes a estagiários para verificar quem realmente gostava de publicidade.

Para isso, 503 candidatos tiveram seus cérebros analisados enquanto assistiam a comerciais considerados ícones da publicidade. Assim foi possível decodificar as reações emocionais provocadas pelos vídeos. Aqueles que tiveram um aumento da intensidade de ondas cerebrais provaram ser os mais empolgados com a possibilidade de estágio e apaixonados pela publicidade.

O processo, no entanto, não foi apenas norteado pelas atividades cerebrais dos jovens, e contou também com outras etapas. Mas, o brilho dos olhos e das ondas cerebrais contou, e muito. Veja o vídeo do projeto, chamado de AdLove:

Deixe um comentário