Conheça os principais motivos que levam um funcionário a pedir demissão

O Globo

Para a maioria, uma das decisões mais difíceis da vida profissional é pedir demissão. O estresse, a rotina, o relacionamento delicado com os colegas e a baixa remuneração estão entre os inúmeros motivos pelos quais os profissionais decidem abandonar o emprego. Pesquisa realizada pela Trabalhando.com, aponta que 67% dos entrevistados pediriam demissão caso a empresa mudasse para algum lugar de difícil acesso, enquanto apenas 4% largaria seu trabalho por conta de uma briga com um colega. Para 16%, o cancelamento de benefícios seria uma razão para sair do trabalho, e os 13% restantes disseram que sairiam por discutir com seu chefe. Durante o levantamento, foram ouvidos 1.369 profissionais, 65% mulheres e 35% homens.

Para Caio Infante, diretor-geral da Trabalhando.com, tomar esse tipo de decisão é algo muito sério e é sempre bom conversar antes agir:

— No caso da mudança de endereço da empresa, por exemplo, o profissional deve falar antes e explicar sua situação para o empregador. Às vezes, pode haver uma solução boa os dois lados. Tenha em mente que mudar de endereço não é simples, leva tempo e todos os riscos são avaliados.

Em relação às brigas, discussões e desentendimentos com um colega ou com o chefe, Infante acredita que, em primeiro lugar, é importante refletir muito e tentar entender o motivo do desentendimento.

— Outra coisa importante é pedir opinião de um colega mais próximo, assim você pode interpretar e saber quem tem a razão, justifica.

Para os que pensam em pedir demissão, o diretor-geral da Trabalhando.com separou cinco dicas que podem facilitar o processo:

1. É importante ser honesto, explicar qual o motivo verdadeiro de sua saída. Entretanto, não utilize essa situação para falar tudo que acha de ruim na empresa. Busque informar apenas suas razões pessoais;

2. Tente conversar com seu chefe em algum ambiente mais tranquilo e reservado. Dessa maneira, você se sentirá mais relaxado para conversar e expressar sua vontade;

3. Não pegue as pessoas de surpresa. É ideal falar com um pouco de antecedência e concluir seus projetos antes de sair. Caso seu chefe peça para você ficar mais um tempo, aceite o pedido, essa é uma maneira de manter um bom relacionamento e não fechar portas;

4. Discuta o assunto com sua família. Assim como você deve revelar sua decisão com antecedência no trabalho, faça igual em casa. É importante ter o apoio da família e dos amigos na hora de tomar uma decisão desse tipo;

5. Faça um planejamento, tendo em mente: como você irá se manter financeiramente, com o que irá se ocupar e como encontrará um novo emprego.

Deixe um comentário